Dados importantes que você desconhecia dos pneus

É uma verdade absoluta: no mundo automotivo, os pneus de um Fiat Toro seminovo bem como de qualquer outro tipo de veículo, não são tão apreciados pelos donos como deveriam ser. Mas é fundamental poder ter pneus de excelente qualidade, porque isso é garantia de segurança, de ótimo desempenho e máxima eficiência quanto ao combustível .

Quando as pessoas compram um veículo como o Fiat Toro seminovo, por exemplo, procuram um carro espetacular, um veículo que ofereça conforto e segurança. Mas com certeza não prestam atenção nos pneus ou, pelo menos, a devida atenção. E isso pode ser complicado no futuro…

Então, para que a sua compra seja bem-sucedida e que o carro Toro ou aquele que você compre só lhe traga alegrias, nada melhor do que conhecer alguns dados importantes sobre estes elementos tão importantes de um veículo: os pneus.

Por que eles são feitos de borracha?

A borracha é extraída da seringueira. É um material que se utiliza nos pneus porque oferece uma excelente aderência a altas velocidade. O asfalto molhado ou outras condições adversas dos caminhos pelos quais o veículo roda, não têm influência sobre a enorme capacidade da borracha dos pneus de um Toro Fiat e dos outros veículos.

Existe uma desvantagem e é que a borracha é um material limitado por ser extraído de arvores.

Por que são pretos?

Provavelmente muitas pessoas se perguntaram por que motivo os pneus são da cor preta. Acontece que essa cor se deve a um dos componentes utilizados na sua fabricação, o ‘Carbon Black’. Esse elemento é o que fortalece à borracha, dando uma maior resistência ao atrito. 

É verdade que algum carro antigo teve pneus brancos, e isso aconteceu porque não foi utilizado esse componente preto. Antigamente, então, os pneus eram mais ‘bonitos’, porém possuíam menor durabilidade.

Por que motivo existem diversos desenhos nos pneus?

Você já percebeu que no mercado automotivo existe uma infinidade de desenhos diferentes nos pneus, tanto do Fiat Toro diesel como de outros veículos? E você sabe por que? Pois bem, saiba que esses desenhos foram criados especialmente para melhorar a tração do veículo, para que a aderência seja perfeita e, ao mesmo tempo, permitem a drenagem da água quando o chão está molhado.

Agora bem, os expertos no assunto são os que desenharem diversas formas para permitir diferentes tipos de desempenho adequados às condições do clima. Ou seja, os pneus para rodar na cidade devem ter um desempenho equilibrado, tanto em asfalto seco quanto molhado. Já os desenhos para rodas em estradas de terra, por exemplo, são diferentes.

Os tamanhos podem ser diferentes mas calibrar pneus é necessário, seja qual for ele. 

Os pneus influenciam no consumo de combustível?

Sim, é verdade. Se o carro não tiver pneus com a adequada firmeza, ou se os pneus estiverem com a pressão baixa, aumenta a resistência ao rolamento e isso aumenta o esforço do motor para movimentar o carro. Isso é sinónimo de maior consumo de combustível.

Por esse motivo, a recomendação é sempre utilizar os pneus de alta qualidade e de fabricantes conhecidos, porque se utilizar pneus de procedência duvidosa… voe acabará aumentando o consumo de combustível e, pior ainda, poderá correr o risco de algum acidente que poderia ser fatal. Portanto, muito cuidado ao escolher os pneus!

Quando foi fabricado o primeiro pneu?

Existem vários dados que não permitem uma resposta definitiva. No entanto, é possível afirmar que a primeira vez que foi fabricado um pneu da marca Bridgestone, foi o dia 9 de abril do ano de 1930, e era de borracha preta.

Qual é o tamanho do maior pneu do mundo?

Esse pneu foi fabricado pela Bridgestone e possui 4 metros e 2 centímetros de altura, 1 metro e 47 centímetros de largura e 1 metro e 48 centímetros de comprimento.

Porém a Michelin registrou um pneu fabricado por eles como sendo o maior do mundo: esse pneu tem as seguintes medidas: 4 metros e 3 centímetros de altura, 1 metro e 50 centímetros de largura e os mesmos 1 metro e 48 centímetros de comprimento.

O pneu de Bridgestone pesa 5.75 toneladas, enquanto o pneu da Michelin pesa ‘só’ 5 toneladas.

você pode gostar também