Segurança do trabalho: entenda como essa área atua no dia a dia

Segurança do trabalho é um conjunto de medidas que previnem ocorrências dentro das empresas. É considerado um acidente de trabalho toda lesão corporal ou perturbação da capacidade ocasionado pelo ou durante o exercício profissional, que resulte em morte ou na incapacidade para o trabalho – total ou parcial, permanente ou temporária.

Segundo a Fundacentro – uma fundação ligada ao Ministério da Economia especializada na pesquisa sobre questões de segurança do trabalho – cerca de 4 milhões de trabalhadores informais, CLT ou autônomo sofrem acidentes de trabalho todos os anos.

É um número preocupante, dado que grande parte desses casos acabaram no falecimento do colaborador. A responsabilidade de aplicar as normas de segurança do trabalho é da empresa. 

Será que a organização em que trabalha cumpre com todas as obrigações de segurança do trabalho? A  empresa deve seguir à risca o conjunto de práticas de prevenção que protegem os funcionários de riscos ocupacionais e proporcionam um ambiente de trabalho mais seguro. 

Para auxiliar na colocação dessas medidas em prática e fiscalizar as organizações, a profissão de técnico de segurança do trabalho está cada dia mais em alta. São profissionais muito importantes, já que trabalham todos os dias salvando vidas. 

Entenda o que é segurança do trabalho e como essa área atua na rotina das empresas. 

O que é segurança do trabalho

Segurança do Trabalho é a ciência que estuda e estabelece medidas voltadas para a prevenção de acidentes no ambiente de trabalho. Essa área sugere uma série de normas, medidas, atividades, treinamentos e ações  que minimizem os riscos ocupacionais específicos de cada atividade.

Cada segmento exige alguns cuidados especiais, então as normas são diferentes e mais rígidas em determinados setores. As medidas seguem as normas regulamentadoras prescritas nas leis trabalhistas.

Além de garantir a segurança das atividades, impondo equipamentos de segurança, manutenção de máquinas, treinamento de funcionários, também analisa as condições do ambiente de trabalho, como o nível do solo em alguns casos. 

Outra área de atuação dos técnicos de segurança de trabalho e das normas é na  na prevenção de doenças ocupacionais, como o edifício doente causado pelo uso incorreto de aparelhos de ar condicionado. 

Ou seja, a segurança do trabalho visa proteger a integridade física do trabalhador. Para isso, analisa as condições iniciais e orienta normas e medidas para melhorar o nível de segurança do local. 

A grande maioria das empresas e serviços precisam dessas normas de segurança. Em especial as atividades que envolvem radiação, contato com agentes biológicos, eletricidade, máquinas e equipamentos, veículos pesados, incêndios, armazenamento e transporte de materiais, trabalhos em locais altos, entre outros. 

Como essa área atua?

Além de proteger o colaborador, a área define as responsabilidades para o empregador, caso acidentes de trabalho aconteçam. Os técnicos de segurança do trabalho  eliminam condições de trabalho que geram inseguranças dentro das organizações. 

Então, prevê riscos a partir de uma análise e trabalha para eliminá-los. Traz atividades, palestras e informações para a conscientização dos trabalhadores sobre a importância da prevenção e do cuidado durante as atividades. E principalmente sobre não ter receio de apontar falhas nas máquinas ou no fluxo de trabalho ao superior. 

Assim, se algo estiver errado ou precisando de manutenção, a empresa pode resolver a situação rapidamente antes que algo de pior aconteça.  Os técnicos também fazem a certificação de que equipamentos de proteção individual (EPI) estão em bom funcionamento realizando testes periódicos para checagem de desempenho. 

Outras medidas são a realização de cursos, workshops, palestras, entre outros formatos de atividades educativas sobre boas práticas de segurança e redução de acidentes de trabalho tanto para colaboradores quanto para empregadores. 

O técnico de segurança do trabalho participa de comissões técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para compreender as atualizações sobre as medidas e áreas de atuação.

Isso porque o mercado de trabalho não é o mesmo desde sempre. Ele se atualiza, muda funções, cria novas, traz máquinas mais tecnológicas e vai se adaptando às necessidades do consumidor.  

Ainda propõe melhorias de condições internas não apenas para a saúde física do colaborador, mas também para a saúde mental e social de cada funcionário dentro da empresa. 

São diversas funções, dado que é uma área muito importante que pode reduzir o número de acidentes e mortes por questões corporativas, por isso os profissionais desse segmento precisam ter especialização em segurança do trabalho e cursos de NR com certificados

você pode gostar também