Marketing de varejo: como cupons de desconto fazem crescê-lo

O que é varejo?

A venda de produtos aos clientes a partir de um local fixo (shoppings, lojas de departamentos, supermercados e assim por diante) em pequenas quantidades para seu uso final é chamada de varejo.

Os cupons desempenham um papel importante na promoção das lojas de varejo e na popularização da marca entre as massas.

O que são cupons?

Qualquer documento que pode ser apresentado ao varejista para obter algum tipo de benefício financeiro na forma de desconto em qualquer produto é denominado cupom. Os clientes podem obter os cupons resgatados em pontos de venda específicos para aproveitar descontos e abatimentos relevantes nas compras.

Papel dos cupons no marketing de varejo

Os cupons desempenham um papel importante para atrair os clientes para a loja.

Os cupons ajudam a promover a imagem da marca da loja de varejo sem grandes investimentos. Isso torna a marca popular entre os usuários finais. Os indivíduos falam mais sobre a marca, tornando-a um sucesso entre as massas.

O que é Marketing de Guerrilha?

O conceito de promoção de produtos e marcas com um orçamento extremamente baixo é chamado de Marketing de Guerrilha. O marketing de guerrilha não envolve grandes investimentos e é uma das formas mais eficazes de criar consciência de marca entre os consumidores.

Os cupons são uma ferramenta eficaz para o Marketing de Guerrilha. Os varejistas podem realmente criar consciência de marca entre os usuários finais sem gastar muito com a ajuda de cupons.

Como os cupons ajudam no marketing de guerrilha?

Um cupom é uma das formas mais econômicas de promover a marca com pouco investimento.

Os cupons tornam a marca popular à medida que mais e mais clientes visitam a loja para resgatar seus cupons.

Exemplo – Como parte de sua estratégia de marketing, em cada compra de pizza Domino’s, a empresa oferece cupons de desconto aos compradores. Esses cupons de desconto podem ser aproveitados na próxima vez que o cliente fizer seu pedido.

Em tal situação, é mais provável que ele visite um Domino’s Outlet novamente para resgatar seus cupons e aproveitar os descontos na pizza. Ele geralmente não prefere qualquer outro ponto de venda, pois aqui no Domino’s ele pode conseguir pizza por um preço menor em comparação com os outros.

A Dominos, neste caso, usou cupons de alimentação para atrair os clientes mais uma vez para a loja.

Os cupons influenciam muito o comportamento de compra dos clientes.

Os cupons também trazem novos clientes para a loja. Os indivíduos, que nem conhecem uma determinada marca, visitam a loja para usar seus cupons e também conferem outras opções.

Os cupons também beneficiam os clientes, pois agora eles podem comprar a mercadoria desejada a um custo menor.

Os cupons aumentam o tráfego da loja e também resultam em compra por impulso.

Dica: confira a loja online de biquini asa delta da Amazona Beachwear.

O que é a compra por impulso?

Qualquer compra não planejada é chamada de Compra por impulso. Um indivíduo pode não precisar de um produto específico, mas o pega a partir de meras emoções e sentimentos. Essa compra é chamada de compra por impulso. A compra por impulso leva o cliente a comprar produtos dos quais talvez nem precise naquele momento.

Peter foi a uma loja de varejo para resgatar seus cupons de desconto em camisas. O varejista exibiu perfumes de maneira inteligente perto do caixa. Ao pagar a conta, Peter não resistiu em comprar dois perfumes para si junto com as camisas. Um exemplo de compra por impulso.

Fatores que afetam a decisão de compra dos clientes na loja

Vários são os fatores que afetam a decisão de compra dos clientes. Vamos examiná-los um por um:

Exibição na loja e apresentação de produtos

A vitrine da loja desempenha um papel importante em influenciar a decisão de compra dos clientes. É a vitrine da loja que atrai as pessoas que passam por ela. A loja deve ter um display atraente para atrair os clientes. Comprar pode ser a última prioridade para um indivíduo, mas uma exibição criativa o incentiva a gastar em compras.

Um varejista deve exibir de forma inteligente as últimas tendências em manequins para levar os clientes a comprá-los.

Certifique-se de que os produtos sejam mantidos em seus respectivos racks. A mercadoria não deve cair das prateleiras.

Uma vez que a maioria de nós é destra; tendemos a ir para o lado direito da loja, no momento em que entramos. O varejista deve, portanto, exibir mercadorias caras e exclusivas no lado direito da loja.

Remova o estoque antigo das prateleiras.

Ambiente da Loja

O ambiente da loja desempenha um papel importante na atração de novos clientes e na retenção dos existentes.

Um cliente nunca compraria nada em uma loja que não esteja limpa. O mau cheiro irrita os indivíduos e, portanto, eles partem em nenhum momento.

Toque música comovente para um efeito positivo nos clientes.

A loja deve ser bem iluminada e ventilada para que os clientes possam desfrutar de suas compras.

Tratamento do cliente

O tratamento caloroso ao cliente é uma forma eficaz de atrair os clientes para a loja. É essencial que os varejistas tratem os clientes como reis e esperem lealdade deles.

Gostou do artigo? Mande para um amigo e siga o blog curioso do dia para mais notícias!

você pode gostar também