Erros mais comuns que os investidores cometem

Conheça quais os erros mais comuns que os investidores cometem, e saiba o que fazer para evitá-los em seus investimentos.

Todo bom investidor já fracassou em algum momento de sua trajetória e aprendeu com cada erro, chegando ao caminho do sucesso. Muitos dos grandes ou pequenos empresários fazem um balanço dos seus ganhos do ano. Eles querem colocar seu dinheiro para trabalhar ou, simplesmente, querem tirar mais proveito de suas economias.

Erros mais comuns que os investidores cometem

Geralmente, a primeira coisa que alguém pensa nesses casos é investir esse dinheiro, seja na bolsa de valores, fundo exclusivo, ou, em uma empresa, mas cuidado, antes de se aventurar é preciso conhecer muito bem os prós e os contras e ter conhecimento suficiente para saber se o que for fazer está correto, pois você corre o risco de perder tudo.

É justamente por isso que falamos abordamos neste artigo algumas dicas de investidores e empresários, que nos fala sobre os seis erros mais comuns na hora de investir, os quais alguns dos empresários cometem, mas podem ser evitados:

Investir em empresas que você já conhece

O principal erro do investimento é que ao focar em empresas como a Coca Cola ou a Apple, por exemplo, que são empresas com as quais você já está familiarizado, você corre o risco de perder muitas outras opções que talvez gerem retornos maiores. Em outras palavras, o universo de opções não deve ser limitado apenas porque algumas empresas já ocupam o lugar no mercado.

Investir em empresas de que você não gosta ou não entende

Outro erro ao investir é se deixar levar pelo que está “na moda”, dedicando esforço e dinheiro num nicho que você nem gosta ou não conhece.

Aí está o erro, porque quando você não entende o seu negócio ou não sente paixão por ele, o que contribui para fazer com que você sempre perca, porque quem sabe disso pode tirar vantagem da sua desvantagem.

Esperar retorno alto de ações

Adquirir ações é uma boa alternativa para obter retornos mais elevados em troca de um investimento menor, embora você não deva esperar que, ao adquirir uma ação a um custo baixo imediatamente, seus R$ 5 mil, por exemplo, irão triplicar.

Não estou dizendo que isso não possa acontecer, mas em geral, ao investir em ações deve-se manter uma perspectiva reservada, pois os retornos que as ações podem dar, geralmente variam de 5 a 10% no longo prazo, ao contrário de alternativas como um fundo de private equity que oferece rentabilidade superior a 24% ao ano.

Investir em uma única ação

Você não pode simplesmente comprar 2 ações, o essencial é adquirir pelo menos 10 ou mais. Por exemplo, se deseja investir em ações de dividendos em uma conta e ações de alto crescimento e baixa capitalização em outra, tente comprar 6 ações na primeira e 10 na segunda.

Não diversificar seu portfólio

Este é um dos erros de investimento muito comuns quando você começa a investir.  Ou seja, além de comprar mais ações, você também deve movimentar parte de seu dinheiro para outros setores do mercado que o protejam dos altos e baixos do mercado.

Mas atenção, isso não significa que você investe em algum setor apenas para diversificar, é preciso ter em mente que quem aposta é uma empresa onde os riscos são mínimos, ou seja, nenhuma que seja suscetível à inflação ou que seja afetada por altas taxas de juros, como imóveis.  

Medo de investir em fundos de private equity

Se você ainda reluta em investir em um fundo de private equity devido ao risco que ele representa em comparação com outros instrumentos financeiros, primeiro analise se é adequado para você.

Este tipo de fundo, devido à sua estrutura, oferece retornos maiores, mas com uma estratégia de longo prazo, uma vez que não são empresas listadas em bolsa, portanto o período para registrar os lucros é diferente.

Com esse esquema, os recursos são injetados diretamente em uma empresa que não está listada em bolsa em troca de uma participação por um determinado tempo que se complementa com uma estratégia de valor para a empresa crescer, portanto, é mais frequente do que o perfil desse tipo de investidor é mais experiente, sem medo de correr um risco maior.

Esses são os principais erros de todo investidor, mas muitos acabam cometendo, às vezes é inevitável. O melhor a fazer é aprender com eles para não voltar a cometê-los, isso é o mais importante se deseja ter sucesso em investimentos. Além disso, você pode entrar em contato com um assessor reconhecido no segmento.

você pode gostar também